02/09/2017

LOLITA está para romance, como criança está para arma

♥De acordo com nosso amigo Wikipédia: Lolita é um romance de Vladimir Nabokov, escrito em inglês e publicado em 1955 em Paris, em 1958 na Cidade de Nova Iorque, e em 1959 em Londres. O romance é notável por seu assunto controverso: o protagonista/narrador não confiável, é um professor universitário de Literatura de meia-idade chamado Humbert Humbert (sim, dois nomes iguais), que está obcecado por Dolores Haze, de 12 anos, com quem ele se torna sexualmente envolvido após se tornar seu padrasto.♥

Agora, como sou uma bela garota envolvida em um sentido que NÃO consegue ficar sem opinar sobre, eu estou aqui escrevendo com o intuito de tentar esclarecer sobre tudo o que eu NÃO entendi sobre a obra e, tudo o que eu não digeri em nenhum momento sobre a mesma. Lembrando que eu não contarei aqui somente minha opinião, pois sei que muitos podem concordar comigo.

A primeira vez que li esse livro eu tinha 14 anos de idade; conhecido por parte de minha própria mãe que o tinha a anos. Minha progenitora, na época, fazia pedagogia e psicologia (estudando o comportamento jovem e social) durante 1 anos ─ ela nunca terminou, pois desistiu da faculdade ─ e um de seus trabalhos escolares era fazer uma analise de estudo sobre a obra de Vladimir (lolita). Creio que ela me disse ter começado a lê-lo, mas ainda sim não o terminou, fazendo-o mofar na estante. Com apenas 14 anos anos, decidi que iria começar a lê-lo pois a sinopse me chamou a atenção (assim como um site pornô chama a atenção de um garoto) e antes de abrir a primeira página, fui me precaver do conteúdo. Ou seja: #partiuWikipédia.

Design by Nigohyu